Facebook Twitter RSS E-mail

Clubes ou seleção? Eis a questão

O técnico Mano Menezes anunciou na tarde desta quinta-feira os convocados para os dois próximos amistosos da seleção, diante do Iraque, no dia 11 de outubro, na Suécia; e diante do Japão, dia 16 de outubro, na Polônia.
A grande novidade da lista é o nome de Kaká, que retorna a seleção depois de dois anos de contusões e incertezas em relação a sua permanência no Real Madrid.
Na última quarta-feira, Kaká foi titular em um amistoso diante do Millonários, da Colômbia, e fez três dos oito gols do time merengue.
Outro nome que chamou atenção na lista foi o do zagueiro Leandro Castán, ex-Corinthians e atualmente no Roma da Itália. Foi a primeira vez que ele foi convocado para a seleção.
Mano Menezes foi coerente em sua convocação, chamando apenas um jogador por clube brasileiro para não prejudicar os clubes no andamento do Brasileirão.
Sendo assim Atlético-MG, Botafogo, Corinthians, Fluminense, Grêmio, Internacional, Santos, São Paulo e Vasco poderão ficar duas ou três rodadas sem um de seus jogadores; e com isso suspiram aliviados por não serem mais prejudicados pela convocação, ninguém também poderá dizer que a convocação beneficiou fulano pra prejudicar sicrano.
A pouco menos de um ano pra o inicio da Copa das Confederações, fica a dúvida na cabeça de nós torcedores brasileiros, de que a convocação deveria mesmo ter "privilegiado" nossos clubes, uma vez que ainda não temos uma equipe formada.
De certo mesmo, é que até lá teremos que conviver com incertezas.


Loucas Saudações!


GOSTOU? CURTA!